A Apropriação da Filosofia Natural em Teodoro de Almeida (1722-1804)

wook 15.14 € Comprar

Neste livro é analisado o programa de popularização do conhecimento natural da Recreação Filosófica do oratorian Teodoro de Almeida (1722-1804) tomado como um processo de bilinguismo - expressão de uma marca de incomensurabilidade de natureza conceptual e socioprofissional entre a filosofia aristotélico-escolástica e a filosofia moderna - articulado nas seguintes vertentes: a contextualização e relação do projecto almeidiano com outros programas europeus análogos; a apropriação das teorias newtonianas...

Saiba mais

Descrição

Neste livro é analisado o programa de popularização do conhecimento natural da Recreação Filosófica do oratorian Teodoro de Almeida (1722-1804) tomado como um processo de bilinguismo - expressão de uma marca de incomensurabilidade de natureza conceptual e socioprofissional entre a filosofia aristotélico-escolástica e a filosofia moderna - articulado nas seguintes vertentes: a contextualização e relação do projecto almeidiano com outros programas europeus análogos; a apropriação das teorias newtonianas no quadro do ecletismo característico do século XVIII; a natureza real ou virtual dos diferentes públicos da Recreação e os respectivos perfis sociológicos; as agendas que articulam o texto da Recreação com os diferentes contextos em que aquele foi produzido; e, por último, a utilização da religião enquanto processo e instrumento de validação e legitimação do conhecimento natural.

Detalhes

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais