A Reacção Contra o Positivismo e o Movimento da Renascença Portuguesa

wook 10 € Comprar

A reacção anti-positivista, não assumindo a uniformidade ou quase uniformidade, da concepção de que se dizia antagonista, não deixou de assumir posição destacada, estando na origem do renascimento especulativo no nosso país nas últimas duas centúrias. Merece, assim, ser estudada seriamente. O positivismo foi uma corrente filosófica dos finais do século XIX, de tal modo dominante que se tornou uma espécie de moda. Penetrou, profundamente, nos estabelecimentos de ensino, no jornalismo, na política,...

Saiba mais

Descrição

A reacção anti-positivista, não assumindo a uniformidade ou quase uniformidade, da concepção de que se dizia antagonista, não deixou de assumir posição destacada, estando na origem do renascimento especulativo no nosso país nas últimas duas centúrias. Merece, assim, ser estudada seriamente. O positivismo foi uma corrente filosófica dos finais do século XIX, de tal modo dominante que se tornou uma espécie de moda. Penetrou, profundamente, nos estabelecimentos de ensino, no jornalismo, na política, recebendo, em certos planos, uma aberta consagração legal.

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais