Eichmann em Jerusalém

wook 22.21 € Comprar

As reflexões de Hannah Arendt sobre a pessoa de Eichmann e sobre o Holocausto são perturbantes, afastando-se do conceito do "mal radical" e insinuando o conceito da "banalidade do mal", assim questionando a humanidade sobre os seus valores mais profundos. [...] Eichmann era uma pessoa normal, não sádico nem demoníaco, antes diligente e cumpridor. [...] Para Hannah Arendt, "... no Terceiro Reich, o mal tinha perdido aquela característica que o torna reconhecível para a maior parte das pessoas - a...

Saiba mais

Descrição

As reflexões de Hannah Arendt sobre a pessoa de Eichmann e sobre o Holocausto são perturbantes, afastando-se do conceito do "mal radical" e insinuando o conceito da "banalidade do mal", assim questionando a humanidade sobre os seus valores mais profundos. [...] Eichmann era uma pessoa normal, não sádico nem demoníaco, antes diligente e cumpridor. [...] Para Hannah Arendt, "... no Terceiro Reich, o mal tinha perdido aquela característica que o torna reconhecível para a maior parte das pessoas - a característica de ser uma tentação. [...] Uma cortante lucidez e, ao mesmo tempo, um "espírito" jornalístico tornam este livro de Hannah Arendt numa permanente interrogação sobre os fundamentos últimos da condição humana. A não perder. F. Teixeira da Mota, in Público, 27 de Dezembro de 2003

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais