Sobre o Desprendimento

wook 10.6 € Comprar

Os três textos dispostos em Sobre o Desprendimento foram escritos originalmente em médio-alto alemão no início do século XIV por Mestre Eckhart, uma figura mística e de prestígio no Ocidente cristão, que conheceu a infâmia de um processo de heresia, pois "quis saber mais do que convinha." Eckhart tornava vivo os textos sagrados e usava-os como ponto de partida para tecer interpretações livres, visionárias e supreendentes. O "desprendimento" está na base da doutrina espiritual de Eckhart. As suas...

Saiba mais

Descrição

Os três textos dispostos em Sobre o Desprendimento foram escritos originalmente em médio-alto alemão no início do século XIV por Mestre Eckhart, uma figura mística e de prestígio no Ocidente cristão, que conheceu a infâmia de um processo de heresia, pois "quis saber mais do que convinha." Eckhart tornava vivo os textos sagrados e usava-os como ponto de partida para tecer interpretações livres, visionárias e supreendentes. O "desprendimento" está na base da doutrina espiritual de Eckhart. As suas reflexões versam não sobre um desprendimento voluntarioso ou que implique na separação violenta entre humano e natural, mas sim o desprender-se para repousar-se em si, ser-uno-consigo-mesmo. De alcance universal, tal exigência abissal da "pobreza em espírito", que tem deixado vestígios na história do pensamento ­ Nicolau de Cusa, Ângelo Silésio, mas também Hegel, Jung, Heidegger e Bataille­, suscita interesse muito além do cristianismo, em especial nas escolas de mística oriental. É próprio de Eckhart a audácia do desprendimento, a capacidade de conduzir a teologia para a vertigem do nada, com um gesto radical que lembra certos textos budistas.

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais