Tratado da Felicidade

wook 10 € Comprar

O Tratado da Felicidade é uma das disputas que integra o Comentário à Ética de Aristóteles (1593). Discutindo a essência ou a natureza da felicidade, num quadro naturalmente aristotélico, e identificando-a com o bem supremo do Homem, o autor integra-a numa ética filosófica também aberta à teologia, em particular mercê de um 'diálogo' com o pensamento de Tomás de Aquino. No entanto, plenamente inserida no seu tempo, esta ética de Coimbra discutirá com o neo-estoicismo, o neo-epicurismo e com o luteranismo....

Saiba mais

Descrição

O Tratado da Felicidade é uma das disputas que integra o Comentário à Ética de Aristóteles (1593). Discutindo a essência ou a natureza da felicidade, num quadro naturalmente aristotélico, e identificando-a com o bem supremo do Homem, o autor integra-a numa ética filosófica também aberta à teologia, em particular mercê de um 'diálogo' com o pensamento de Tomás de Aquino. No entanto, plenamente inserida no seu tempo, esta ética de Coimbra discutirá com o neo-estoicismo, o neo-epicurismo e com o luteranismo. Dinheiro, poder, glória e honra são algumas das condições discutidas no que toca à busca da felicidade, chegando a preferir-se uma teoria racional sobre a contemplação, entendida como aquilo que torna o Homem mais humano, no quadro do que se poderia denominar uma 'metafísica das bem-aventuranças'. Além da tradução do Tratado o presente volume apresenta em apêndice um estudo que procura integrar o tema da felicidade no quadro mais vasto da proposta ética apresentada aos jovens estudantes europeus do século XVI.

Detalhes

Do mesmo autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais