Nasceu no Meu Curral, é Meu

wook 11.2 € Comprar

Apesar da queda de Salazar, o país continuava embrenhado numa ditadura que cerceava a liberdade e impedia o livre pensamento. Estávamos em 1968. Um jovem, acabado de se licenciar em medicina em Lisboa, decide mudar-se para Moçambique após se casar. País onde tinha passado a infância e grande parte da adolescência, indo ao reencontro dos pais e de uma das suas irmãs. Procurava também novos horizontes, talvez mais amplos do que aqueles vividos na então reprimida metrópole. Foi colocado no Xai-Xai,...

Saiba mais

Descrição

Apesar da queda de Salazar, o país continuava embrenhado numa ditadura que cerceava a liberdade e impedia o livre pensamento. Estávamos em 1968. Um jovem, acabado de se licenciar em medicina em Lisboa, decide mudar-se para Moçambique após se casar. País onde tinha passado a infância e grande parte da adolescência, indo ao reencontro dos pais e de uma das suas irmãs. Procurava também novos horizontes, talvez mais amplos do que aqueles vividos na então reprimida metrópole. Foi colocado no Xai-Xai, capital da província de Gaza, cidade na altura denominada João Belo e situada a cerca de duzentos quilómetros a norte de Maputo. Aí se manteve até 1976, com responsabilidades nas delegacias de saúde da cidade e da Macia, capital do distrito do Bilene, bem como no Hospital do Xai-Xai. Numa linguagem despreocupada, informal e familiar, usando muitas vezes ditos e gírias populares características da época e do local, narra o autor histórias pessoais verídicas, registando acontecimentos pouco conhecidos do dia-a-dia da vida de um médico, num tempo particular, assistindo ao fim do tempo colonial e ao nascimento de um novo País. O que fazer perante um milando provocado por uma circuncisão forçada após o regresso a casa de um mineiro vindo da África do Sul? Afinal, a autópsia feita no meio da rua, serviria para incriminar alguém? Estas e outras histórias, na forma de conto, que resultam de uma vivência completa como médico, não apenas atendendo doentes num consultório ou observando numa enfermaria. Vivência que ultrapassa a função de médico, numa preocupação constante para com a comunidade. Contos que o autor nos oferece e que ajudam a compreender Moçambique de então.

Detalhes

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar no site consente a utilização dos cookies. Saber mais